Home Dinheiro e saúde, dois sinônimos?

Dinheiro e saúde, dois sinônimos?

Dinheiro e saúde, dois sinônimos?

É interessante o que o ser humano é capaz de fazer por dinheiro. Muitas vezes trocamos nosso amor, nossas crenças, nossos ideais e nossos amigos pelo vil metal. Assistimos diariamente nos noticiários absurdos cometidos, como o caso da filha Suzane Von Richthofen, que pensando somente na fortuna dos pais, ajudada pelo seu namorado e o cunhado, planejou a morte dos seus próprios genitores, sem pensar no amor e na vida que eles lhe deram, e muito menos, no ato praticado e suas conseqüências.

Outro absurdo que observo é a relação entre saúde e dinheiro em nosso país. Vejo a calamidade na saúde, seres humanos tratados como animais, muitas vezes sendo escolhidos por sorteio para saber quem será tratado e quem não sobreviverá. Se não tivermos dinheiro ou plano de saúde, muitas vezes estamos fadados a fazer parte dos doentes sem cura, ou melhor, sem dinheiro.

Saúde é tudo. Muitos dirão que dinheiro é tudo. Não concordo. Entendo que saúde, amor, felicidade e segurança são essenciais para uma vida digna e tranqüila. Devemos buscar condições financeiras de forma a termos segurança e conforto, não tornando o trabalho uma forma de escravidão, que onde o dinheiro não possa ser o resultado do trabalho, em felicidade, férias, viagens e muito, muito amor para sua família e os que o rodeiam.

Um exemplo disso, recebi nesta semana. Em conversa com um amigo e cliente, que tem 46 anos, contente me comunicou que irá morar em Florianópolis, disse que já tinha trabalhado o suficiente e que agora iria aproveitar a vida, curtir a família com conforto e sem estresse.Penso que devemos unir dinheiro, saúde, amor e fé na busca de uma vida mais saudável e digna, equilibrando as responsabilidades de nosso trabalho e nossa vida pessoal, na busca da felicidade eterna.